Para: Autismo; Dislexia; Problemas de Aprendizagem; Sistema Nervoso; Tonturas; Zumbidos; Dores de Cabeça; Sinusite; ATM; Fibromialgia; etc.; etc.


Pesquise neste site:


powered by FreeFind

Mapa do Site

Terapia Sacro Craniana:

Assuntos:

http://sacrocraniana.no.sapo.pt/fibromialgia.html

Fibromialgia
e
Fadiga Crónica

A fibromialgia é um dos males para os quais muitas das vezes se afirma não existir tratamento. Afirmações deste tipo são completamente falsas e devem-se ao desconhecimento de técnicas e terapias que resolvem a fibromialgia e a fadiga crónica.

Hoje (e já há muitos anos) sabe-se muito acerca da fibromialgia e fadiga crónica e do que é necessário fazer para tratar estas e muitas outras condições.

A fibromialgia e a fadiga crónica já têm tratamento há muitos anos.

A fibromialgia é um síndrome complexo que se caracteriza principalmente pela existência de dores generalizadas em todo o corpo, cansaço extremo, perturbações no sono e alterações emocionais. 

Existem também muitos e vários outros sintomas que os doentes com fibromialgia apresentam e que variam de pessoa para pessoa tais como: falta e/ou dificuldade de concentração; perturbações de memória; problemas de sono e/ou sono não reparador; dores de cabeça; visão nublada ou vista cansada; tonturas; letargia; irritabilidade; nervosismo; depressão; ansiedade; entorpecimento dos músculos, tendões e ligamentos; rigidez matinal; dores contínuas que mudam de intensidade e ou de sitio; sensação que os músculos se movem sozinhos; dificuldade em engolir; dor na articulação temporo-mandibular; dor no peito; uma sensação geral e muito grande de fraqueza e cansaço muscular e por vezes a sensação de que impulsos eléctricos estão a atravessar o corpo; erupções cutâneas; e por vezes inchaços nas palmas das mãos e solas dos pés; problemas intestinais; síndrome do cólon irritável que inclui gases; dores; obstipação e/ou diarreia; aumento das dores menstruais e uterinas; zumbidos nos ouvidos; sensibilidade ao frio; etc.; etc..

Estes sintomas no entanto não são mais do que desarranjos de funcionamento do sistema nervoso que é uma das características deste síndrome.

A fibromialgia não é uma doença psicossomática nem do foro psiquiátrico; não provoca comprometimento das articulações nem deformações de qualquer género para além de não ser um problema transmissível. No entanto a fibromialgia consegue ser demasiado debilitante quer a nível físico quer psicológico incapacitando muitas vezes a pessoa quer para a sua vida profissional, social ou familiar, podendo mesmo incapacitá-la para as rotinas mais simples do seu dia a dia.

Apesar disso, a aparência da pessoa com fibromialgia é completamente normal, razão pela qual este problema foi bastante ignorado durante anos pela maioria dos profissionais de saúde que frequentemente atribuíam tal problema apenas à cabeça da pessoa.

Isso também porque todos os exames e análises não mostravam (nem mostram) qualquer alteração existente nas pessoas que sofrem de fibromialgia em relação às pessoas ditas normais.

Como se isto não bastasse a pessoa que sofre de fibromialgia ainda tinha de lidar com a família que não entendia as razões de tais queixas e que em vez de promover a ajuda ainda lhe retiravam o apoio de que ela tanto precisava.

Felizmente que hoje com a divulgação da fibromialgia e de todo o problema, começa a surgir uma grande compreensão quer da parte dos profissionais de saúde quer da parte dos familiares encontrando-se hoje em dia a pessoa muito mais apoiada e acompanhada por todos aqueles que de alguma forma a tentam ajudar.

A fadiga crónica é um sintoma que muitas vezes acompanha a fibromialgia agravando e debilitando o estado da pessoa devido ao grande cansaço que produz. O síndrome de fadiga crónica é igualmente um síndrome complexo, crónico e debilitante partilhando os sintomas acima referidos sendo que alguns médicos acreditam tratar-se da mesma condição que varia apenas de intensidade de pessoa para pessoa enquanto outros o atribuem a causas diferentes considerando-o por isso outra “doença” diferente. O que é importante reter para diferenciar estes síndromes é que os doentes com fibromialgia se queixam sobretudo com dores (seguindo-se o cansaço e depois outros sintomas), enquanto os doentes diagnosticados com o síndrome de fadiga crónica apresentam como principal queixa o cansaço extremo podendo ou não terem dores ou terem menos dores do que os fibromiálgicos.

Quer se trate de duas doenças diferentes ou de variantes da mesma condição, o que é certo é que ambas partilham mais do que os mesmos sintomas pois ambas podem ser igualmente debilitantes e devastadoras a todos os níveis.

E quer uma quer a outra podem ser tratadas.

Em virtude de trabalhar com a fibromialgia e fadiga crónica desde 2002 isso permite-me ter uma grande compreensão e entendimento quer destes problemas quer dos respectivos tratamentos para eles.

Diagnóstico e soluções.

Depoimento copiado de: http://www.institutohellinger.com.br/

 Sou uma pessoa encantada com tudo o que se refere às Constelações Familiares, desde que fui ao primeiro workshop com Bert Hellinger em 2001 em SP e depois dele li todos os principais livros dele lançados no Brasil. Participei de mais dois workshops, então com o facilitador Renato Bertate em SP (constelei uma vez com ele) e por quatro dias seguidos em Lisboa com o terapeuta José Carlos Santiago (durante muitas horas diariamente somente comigo), para eliminar as razões que me levaram a uma fibromialgia grave, sem resultados com tratamentos médicos. Resultado: desaparecimento das dores. Conclusão: o caminho das Constelações Familiares, se bem conduzido, resolve problemas pessoais, familiares e empresariais MESMO, o que dois anos de terapia psicológica não resolvem! Continuo lendo os livros de Bert Hellinger que encontro à venda na Livraria Cultura e sempre aberta a novas Constelações, pelo crescimento interior que elas me proporcionaram e pela compreensão das leis do Amor que me fizeram entender. 

Escrito em: 23 August 2009
Depoimento de: Lucia Lückmann
Educadora

Resposta ao comentário: é sempre bom saber que o amor resolve problemas por mais graves que sejam em apenas horas quando mais nada resolve e que esse amor muda as pessoas por dentro e por fora.

Veja mais depoimentos em: http://www.institutohellinger.com.br/

As fibromialgias precisam de muitas outras abordagens para além das Constelações Familiares.

Veja mais acerca das Constelações Familiares e das suas enormes potencialidades.


Criada em: 27 de Julho de 2003.