Para: Autismo; Dislexia; Problemas de Aprendizagem; Sistema Nervoso; Tonturas; Zumbidos; Dores de Cabeça; Sinusite; ATM; Fibromialgia; etc.; etc.


Pesquise neste site:


powered by FreeFind

Mapa do Site

Terapia Sacro Craniana:

Assuntos:

http://sacrocraniana.no.sapo.pt/fascia.html

(Contributo para os profissionais de saúde)

Fáscia

A fáscia é um tecido forte que se espalha por todo o corpo numa teia tridimensional desde a cabeça aos pés sem interrupção, envolvendo todo e qualquer tecido do corpo desde a célula, grupo de músculos, ossos, órgãos, etc. Mais concrectamente a fáscia é conhecida como tecido conectivo o qual é composto por colagénio (que actua como cola) e elastina (que actua como elástico) criando dessa maneira a conexão entre toda e qualquer estrutura do corpo humano. A fáscia ou tecido conectivo dá e mantém a elasticidade de toda e qualquer parte do nosso corpo, órgãos, músculos, etc. sem permitir exageros devido ao colagénio que mantém os limites da flexibilidade.

A fáscia não envolve apenas todo o qualquer músculo, mas também envolve toda e qualquer fibra da qual o músculo é feito, assim como cada miofibrila, e cada pequena parte até ao nível celular. Desta maneira é a fáscia que determina o funcionamento e o comprimento do músculo e de toda e qualquer estrutura do corpo.

Ela envolve nervos, ossos, artérias, veias e ductos assim como os músculos e é o maior organizador do corpo, organizando e separando toda e qualquer estrutura do corpo e organizando os músculos em unidades funcionais.

A fáscia é o componente básico do sistema músculo esquelético do corpo e em circunstāncias normais ela deve ser flexível e deslizante. No entanto através de traumatismos, processos inflamatórios, más posturas, cirurgias, stress, etc., criam-se restrições e aderências na fáscia e entre esta e os tecidos vizinhos o que faz com que ela se torne mais sólida e dessa forma encurte as fibras fasciais o que cria pressão em áreas sensíveis, provocando dor e restrições de movimento. Esta é também a razão do mau funcionamento de órgãos, músculos e do corpo em geral.

A falha em reconhecer a importāncia da fáscia e o seu relacionamento com toda a estrutura e movimento do corpo, ajuda a explicar o porquê dos maus resultados ou dos resultados temporários que se obtêm com os tratamentos standard. Este é um sistema fisiológico que tem sido ignorado e que tem de ser estudado e compreendido se queremos o bem estar dos nossos pacientes.

A causa principal de dores somáticas, de dores somato-viscerais ou somato emocionais são disfunções miofasciais.

é comum os pacientes que estão sobrecarregados com crónicas ou fortes compressões miofasciais terem grande agitação mental, irritação, desgaste, cansaço, incómodos, insónias e outros pensamentos e emoções desagradáveis.

Também é comum ouvi-los dizer quão profundamente aliviados eles ficam dos seus pensamentos e emoções, depois da terapia lhes ter aliviado as compressões e os pontos dolorosos associados.

Estima-se que cerca de 90% dos pacientes tenham disfunções miofasciais. Os testes que actualmente se fazem como os raios X, TAC e muitos outros, não mostram as restrições miofasciais e dessa forma o paciente não obtém um diagnóstico completo acerca da causa das suas dores. Desta forma ele não recebe o tratamento correcto e eficaz para o seu problema.

A adicionar ao traumatismo físico falado acima, o stress emocional ou as emoções negativas podem ser guardadas e acumuladas no corpo durante anos acabando por provocar doença ou doenças. O tempo não cura estas coisas que existem nos tecidos, antes pelo contrário, enterra-as cada vez mais na fáscia.

Infelizmente existe muita informação falsa acerca das dores miofasciais, dos síndromas miofasciais, dos trigger points (pontos gatilho) e da Terapia MioFascial.

A afirmação mais infeliz e completamente falsa que existe por aí, é que não existe qualquer tratamento eficaz para os síndromas e dores miofasciais e que dessa forma a pessoa tem de aprender a viver com a dor.

No entanto um terapeuta miofascial pode rapidamente inactivar os trigger points (pontos gatilho) em muitos pacientes, eliminando rapidamente as dores da pessoa.

Mais, ele pode resolver as causas da dor e dos problemas existentes na fáscia e dessa forma eliminar de vez muitos dos problemas que se dizem sem solução ou que não têm solução pelos tratamentos clássicos.

Uma vez que a fáscia envolve toda e qualquer estrutura do nosso corpo, facilmente se compreende que a Libertação Mio Fascial ajude em quase todos os problemas de saúde sendo particularmente indicada para dores (musculares, articulares, de coluna, cervical, etc., sejam elas crónicas ou não), problemas de ATM, fibromialgia, síndroma de fadiga crónica, espasmos e espasticidade, escolioses, disfunções neurológicas, disfunções articulares e musculares, situações geriátricas e pediátricas, lesões desportivas, reabilitação de todo o tipo, restrições de movimento, síndromas pré menstruais e muitas outras condições.

 




Criada em: 27 de Julho de 2003.